top of page

Dois recalls voluntários em uma semana reforçam a cultura da segurança de alimentos


Um recall voluntário sempre nos faz pensar que a cultura da segurança de alimentos, o cuidado com o consumidor e a disposição para fazer o correto estão ganhando força. Não se trata de produzir com base apenas em legislações e normas, mas também em valores. Nesta semana, tivemos dois exemplos da preocupação de empresas com os consumidores, tirando produtos do mercado assim que identificaram problemas.

O primeiro, bastante sério, foi com a Häagen-Dazs. Foi identificada a presença da substância 2-cloroetanol (2-CE), para a qual não há tolerância de consumo. Segundo a Anvisa, a substância encontrada pode estar relacionada ao óxido de etileno (ETO) e "não é possível afastar o potencial mutagênico e carcinogênico” (causar câncer).

Em nota, a Häagen-Dazs afirmou que "os níveis encontrados da substância são baixos, e a empresa já tomou as devidas providências para substituição dos ingredientes afetados. Para a Häagen-Dazs, a qualidade e a segurança de seus produtos são grandes prioridades. A marca reitera que não utiliza óxido de etileno em nenhum processo de fabricação de seus produtos”. A contaminação, segundo a empresa, foi identificada em um único fornecedor, já substituído. Nesse ponto, reforçamos a importância de toda a cadeia de fornecedores trabalhar dentro das normas e dos valores da empresa.

O segundo recall voluntário foi feito pela marca Pirata, que tirou de circulação a Canela Moída. O motivo foi a presença de seis fragmentos de insetos e quatro fragmentos de pelo de roedor acima dos limites tolerados.

Engenheira de alimentos e fundadora da POLETTO, Melissa Poletto avalia os dois recalls. “Pelo de rato e fragmento de inseto são contaminantes com severidade menor do que o químico apresentado no sorvete da Häagen-Dazs, considerando o impacto para a saúde. Ambos são importantes, mas o de canela em pó demonstra a seriedade em realizar o recall voluntário mesmo com uma severidade menor em termos de impacto de saúde”, afirma.

Com 19 anos de atuação em diversos Estados do Brasil, a POLETTO tem condições de ajudá-lo a minimizar riscos como esse. Temos planos customizados para a necessidade de cada cliente. Fale conosco e fortaleça a cultura de segurança de alimentos no seu negócio.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Bình luận


bottom of page