• Equipe Poletto

As indústrias de alimentos x suas marcas


Por Melissa Poletto, em 16/01/2018

Você já se perguntou por que as certificações de Segurança de Alimentos estão crescendo de forma exponencial? Quais os motivos que levam uma indústria de alimentos a estabelecer uma infinidade de requisitos focados na segurança de alimentos? A resposta mais nobre é para garantir a saúde de seu consumidor, entretanto, a maior motivação é a proteção da marca.

Tendo em vista a quantidade de legislações aplicáveis para alimentos e bebidas e a velocidade das informações geradas pelos consumidores, o que resta é garantir a gestão dos processos produtivos dos alimentos e das bebidas. E somente desta forma, a organização estará se cercando de ações que previnem e protegem o seu bem maior: sua marca.

Nenhuma organização quer ser lembrada de forma negativa pelo seu consumidor. E se formos falar do ramo de terceirizações, em que grandes empresas buscam parceiros fortes, as certificações de segurança de alimentos, como IFS Food, BRC, FSSC 22000, entre outras, são o caminho certo. Bem como para as indústrias de alimentos que fornecem matérias primas e ingredientes para outras do ramo. Uma certificação deste porte garante o fornecimento assegurado, isto é, confiável. Portanto, o principal legado que um sistema de gestão de segurança de alimentos disponibiliza é confiabilidade e credibilidade. As normas de segurança de alimentos são complexas, mas cercam o sistema com ações preventivas de forma a garantir a inocuidade de seus produtos. E com o aumento de doenças relacionadas à alimentação, o caminho a ser trilhado será o da gestão de segurança de alimentos.




Posts recentes

Ver tudo

© POLETTO SOLUÇÕES EM GESTÃO

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook
  • Instagram