Food tech: o impacto da entrada de Anitta na Fazenda Futuro


Reprodução site Fazenda Futuro

Os alimentos tecnológicos ganharam um apoio muito significativo. Anitta entrou na sociedade da Fazenda Futuro e está engajada na redução do consumo de carne no mundo. Aqui no blog da POLETTO, nós já falamos há tempo que a indústria precisa ter food tech entre os assuntos corriqueiros, porque a adesão das pessoas a alimentos livres de proteína animal vem crescendo. E agora, com uma “garota propaganda” como essa, a tendência é que esse gráfico suba com ainda mais rapidez.

No site da Fazenda Futuro, só dá ela. O hambúrguer, feito totalmente de plantas, já aparece como o alimento servido no aniversário da cantora e há spoilers de que novidades virão pela frente. Para dar uma ideia de onde ela está entrando: a Fazenda Futuro é uma empresa com valor de mercado de R$ 2,2 bilhões e recentemente captou R$ 300 milhões em investimentos. Quanto Anitta investiu não foi revelado. O que se sabe é que ela conhece o negócio há três anos, desde que começou a reduzir o seu consumo de carne. A opção dela, a partir dessa mudança no seu consumo, foi pelos alimentos feitos com proteínas vegetais pela Fazenda Futuro.

A partir de agora, como sócia, ela deve contribuir em projetos ligados à inovação e ao marketing. Com um respeito conquistado não apenas no Brasil, mas também em vários países do mundo, Anitta tem se destacado por se aproximar de empresas inovadoras e não é diferente neste caso. A partir da notícia desse investimento financeiro e da entrega do seu conhecimento e do seu rosto para a Fazenda Futuro, só nos resta reforçar o quanto esse mercado deve crescer e a importância de você começar a se preparar agora.

Nenhuma dessas nossas dicas são novidade e, aqui mesmo no blog, você as encontra em diversos textos. Mas, dessa vez, queremos reforçar: o impulso vem de uma pessoa que tem impactado todos os mercados em que se envolve. Se você ainda não pensa nisso, precisa começar.

11 visualizações0 comentário