• Equipe Poletto

Food Tech: proteína na Finlândia, Impossible Foods na CES 2020


Post de 15/01/2020


Em um artigo publicado no LinkedIn, Fabio Pando, CEO da Horizon Consulting, Parceiro de negócios da Builders Construtoria | FoodTech Movement e professor no MBA e educação continuada da ESPM, afirmou: "Em menos de uma década o setor de alimentos passou por transformações inimagináveis no começo deste século”. Pois é, realmente a tecnologia provocou um salto gigantesco nesse mercado, e exemplos para ilustrar isso não faltam.

Pando cita diversos exemplos em seu artigo quando fala, especificamente, das mudanças na origem dos alimentos. Segundo ele, a Solar Food, uma empresa finlandesa, produziu uma proteína rica em nutrientes chamada Solein. Ela é feita extraindo CO2 do ar por meio da tecnologia de captura de carbono e combinando com água, nutrientes e vitaminas. Tudo isso usando 100% de energia solar renovável. O resultado é um produto que, segundo Pando, tem gosto de farinha de trigo e possui 50% de proteína, 5 a 10% de gordura e 20 a 25% de carboidratos. Tudo acontece independemente de agricultura, terra arável ou irrigação. E não depende de condições climáticas ou de recursos que possam acabar.

Impressionado? Pois é, esse é o mundo em que vivemos. Fomos em busca de mais exemplos do que está mudando no mundo. Já falamos aqui neste post sobre a versão vegetariana do hambúrguer do Whooper, o sanduíche que é o carro-chefe do Burguer King. A produção é feita em parceria com a Impossible Foods, que chegou este ano na Consumer Eletronics Show (CES), a maior feira de tecnologia do mundo, com mais uma novidade. Em Las Vegas, nos últimos dias, ela anunciou a fabricação de produtos para substituir a carne suína. O portfólio começa com dois: Impossible Pork, que imita a carne moída de porco, e Impossible Sausage, parecido com uma salsicha. Esta será a primeira ser lançada, vendida também pela rede Burguer King nos Estados Unidos. A Impossible Pork ainda não tem data para chegar ao mercado.

Os produtos produzidos pela Impossible Foods são feitos de soja, mas até isso pode ficar no passado daqui a um tempo. Cientistas da Finlândia, que produzem a Solein, citada por Pando no seu artigo, já estudam a produção de uma proteína a partir do ar que poderá se tornar forte concorrente da soja em 10 anos. Ela é feita com bactérias provenientes do solo e alimentadas com hidrogênio extraído da água por eletrólise. Se o processo for abastecido por energia solar ou eólica, os pesquisadores acreditam que poderão produzir comida com praticamente zero emissão de gases causadores do efeito estufa.

A consciência ambiental está cada vez mais presente na produção de alimentos. E não é preciso ser cientista ou ter uma grande empresa para fazer o seu trabalho causando menos danos à natureza. Você pode fazer isso! E nós podemos ajudá-lo. Contate-nos e vamos fazer a nossa parte!

0 visualização

© POLETTO SOLUÇÕES EM GESTÃO

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook
  • Instagram